segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Então, Desconstruo.[*]

Perdão por ser fraco.
E, então, juro. Desconstruo.

Render-me-ei aos meus impulsos.
E, então, desconstruo.

Eu juro para mim. Farei.
Quebrarei o silêncio. Farei.

A leve pena que voa lentamente, voa por si.
Não pelo medo de se perder no vento.
Mas por querer chegar aonde quer.

As palavras escritas pela pena que voa.
Serão palavras ditas pela minha boca.
Jones Barreto

4 comentários:

Élida disse...

LindooO!!!

;D

bjimm PerigosooO!!!

Jones Barreto Corrêa disse...

Élida!
valeu mal! hehe!
;]

Bjo!té+

Bárbara Cristina disse...

GENTE JONIN ME SURPRIENDEU MOSS
SERÁ Q VC VAI TOMAR O LUGAR DO FERNANDO PESSOA (MEU POETA FAVORITO)?MUITO BONITO MESMO MOSS
PARABENS COLEGA!

Jones Barreto Corrêa disse...

Obrigado Bárbara!
Tomar o lugar de Fernando Pessoa??
hehehe!
ô Coitadoo! kkkk!
Valeu!

Visitantes Online