domingo, 16 de dezembro de 2012

Inteiras

"Quem sabe se pararmos para perguntar quem elas são, quem sabe se procurarmos, não o 'por quê?', mas como elas vivem e como elas estão, assim, caminhando junto a elas, com paciência e respeito, talvez possamos tocá-las por inteiro. Estas, quando sentem, não sentem pela metade, na superfície ou de qualquer forma. Elas não sentem nem dentro nem fora. Elas sentem 'tudo' e sentem assim, não porque podem sentir muitas coisas, mas porque são pessoas e pessoas, como elas, são inteiras".

(Jones Barreto Corrêa)

Nenhum comentário:

Visitantes Online